Clínica de Vacinas


Vacinas  recomendadas para portadores de imunodeficiênicas primárias e secundárias

 

imunodeficiências

 

I. Vacinas Pneumocócicas

Existem, atualmente no brasil, 02 vacinas para a proteção contra infecções causadas pela bactéria pneumococo:
 

A - Vacina Pneumo 13V - recomendações:
 

  • Crianças e adultos dos 02 meses aos 59 anos  de idade com imunodeficiências de células T e de células B, deficiências do sistema complemento, e desordens de fagócitos.
  • Pessoas com mal funcionamento do baço ou tiveram sua retirada
  • Portadores de hemoglobinopatias (anemia falciforme, talassemia, etc)
  • Portadores do HIV
  • Indivíduos com insuficiência renal crônica ou síndrome nefrótica
  • Pessoas com Síndrome de Down
  • Os que fazem uso de medicamentos imunossupressores
  • Diabéticos
  • Transplantados
  • Pessoas que receberam implante coclear
  • Outras condições com diminuição da imunidade.

 

B - Vacina Pneumo 23 - recomendações:
 

  • crianças e adultos, dos 02 aos 64 anos de idade com imunodeficiências primárias ou secundárias (que retiraram o baço o tem o mal funcionamento do mesmo, indivíduos com insuficiência renal crônica, síndrome nefrótica, pessoas com Síndrome de Down, para os que fazem uso de medicamentos imunossupressores, diabéticos, transplantados, pessoas que receberam implante coclear, além de outras condições com diminuição da imunidade.


 

 

II. Vacinas Meningocócicas - recomendações:

 

Em nosso país são licenciadas três vacinas para a proteção contra meningococos (Neisseria meningitides), bactérias invasivas e que causam infecções extremamente severas:

 

  • Vacina conjugada contra o meningococo C
  • Vacina conjugada contra os meningocçocos A,C,W e Y
  • Vacina Meningocócica B
     

Recomendadas para todas as pessoas com deficiência de complemento (inclusive os que fazem tratamento com o medicamento eculizumabe (Soliris), aqueles que retiraram o baço ou tem o mal funcionamento do mesmo, pois têm maior predisposição à doença meningocócica.

Crianças de 02 a 23 meses , adolescentes e adultos com os déficts da imunidade citados acima, devem receber vacinas meningocócicas, independente da idad e das indicações de bula.
 

 

 

III. Vacina Hib ( contra o Haemophilus influenzae tipo b
 

As vacinas conjugadas contra  a bactéria Haemophilus influenzae tipo b podem ser administradas isoladamente ou combinadas  com outras vacinas (penta e hexavalente).

Crianças de 02 meses até 05 anos de idade, mesmo com o funcionamento do sistema imune normal, têm alto riso de desenvolverem infecções por essa bactéria invasiva, mas portadores de determinadas imunodeficiências mantêm esse risco, devendo ser imunizados contra Hib em qualquer faixa etária.

 

  • Crianças de 12 a adultos até 59 anos, que não foram vacinados ( ou foram vacinados incompletamente) antes dos 12 meses de idade: devem receber 02 doses da vacina Hib

Criança menor de 5 anos de idade que está recebendo quimioterapia ou radioterapia deve ser vacinada contra Hib devem receber doses repetidas durante o tratamento.

  • Pessoas que receberam transplante de medula óssea também devem receber a vacina Hib de 6 a 12 meses após o transplante, dependendo do histórico vacinal.
  • Crianças entre 5-18 anos não previamente vacinadas têm indicação de pelo menos uma dose da vacina ( não recomendada para adultos com HIV)
  • Indivíduos acima de 59 anos que retiraram o baço o tem mal funcionamento do mesmo devem receber uma dose da vacina Hib
  • Todas as crianças acima de 15 meses e que não foram vacinadas anteriormente também devem ter 01 dose da vacina, independente de serem portadores de imunodeficiência.
     

 

Dra. Maria do Carmo Duarte Oliveira
Médica - Responsável Técnica
Clínica de Vacinas imunity



Referências

 

1. Strikas RA. Advisory committee on immunization practices recommended immunization schedules for persons aged 0 through 18 years—United States, 2015. MMWR Morb Mortal Wkly Rep. 2015;64(4):93-94.
 

2. Nuorti JP, Whitney CG. Prevention of pneumococcal disease among infants and children - use of 13-valent pneumococcal conjugate vaccine and 23-valent pneumococcal polysaccharide vaccine - recommendations of the Advisory Committee on Immunization Practices (ACIP). MMWR Recomm Rep. 2010;59(RR-11):1-18.


3.MacNeil JR, Rubin L, Folaranmi T, Ortega-Sanchez IR, Patel M, Martin SW.

 

4.Tomblyn M, Chiller T, Einsele H, et al. Guidelines for preventing infectious complications among hematopoietic cell transplantation recipients: a global perspective. Biol Blood Marrow Transplant. 2009;15(10):1143-1238. DOI:

10.1016/j.bbmt.2009.06.019

Useof serogroup B meningococcal vaccines in adolescents and young adults: recommendations of the Advisory Committee on Immunization Practices, 2015. MMWR Morb Mortal Wkly Rep. 2015;64(41):1171-1176. DOI: 10.15585/mmwr.mm6441a3

 

4.Sixbey JW. Routine immunizations and the immunosuppressed child. Adv Pediatr Infect Dis. 1987;2:79-114.

 

5.CDC. Haemophilus b conjugate vaccines for prevention of Haemophilus influenzae type b disease among infants and children two months of age and older. Recommendations of the Immunization Practices Advisory Committee (ACIP). MMWR Recomm Rep. 1991;40(RR-1):1-7.

 

6.Cohn AC, MacNeil JR, Clark TA, et al. Prevention and control of meningococcal disease: recommendations of the Advisory Committee on Immunization Practices (ACIP). MMWR Recomm Rep. 2013;62(RR-2):1-28.7.

 

7. Calendário de Vacinação 2019-2020 - Pacientes Especiais - Sociedade Brasileira de Imunizações. https://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-pacientes-especiais.pdf

 

 

 

 

Clínica de Vacinas

Atendimentos
 

Segunda à Sexta: 8:00 - 18:00 h

Sábado: 8:00 - 12:00 h

 

Av. Onze de Agosto 1980 V. Nova Valinhos Valinhos São Paulo  CEP: 13271-210

Telefones:  19 3829-1702 / 3849-2930