Clínica de Vacinas imunity
 Vacinação Especializada



Vacinas pneumocócicas conjugadas: três doses antes de 01 ano são suficientes para prevenir as doenças causadas pelo pneumococo?

 

As infecções pelo pneumococo (Streptoccocus pneumoniae), ainda continuam sendo a maior causa de morbidade e mortalidade em crianças menores de 05 anos de idade em todo o mundo.

O pneumococo é o principal agente das otites (infecções de ouvido), pneumonias e é o segundo maior causador de meningites bacterianas, só superado pelo meningococo.  É uma bactéria capsulada, altamente invasiva e resistente e por isso são necessários recursos mais sofisticados do sistema imunológico para neutralizá-la.

 

As vacinas pneumocócicas conjugadas  Penumo 10 V e Panumo 13 V podem prevenir doenças pneumocócicas, mas em crianças  pequenas, a quantidade de doses é que irá determinar a proteção.

 

A Organização Mundial de Saúde recomenda apenas 03 doses da vacina, para bebês ente 06 a 08 semanas de vida, 04 meses e 06 meses,assim como o Ministério da Saúde  do Brasil, não havendo recomendação para dose de reforço após  a criança atingir 01 ano de idade.

 

Vários estudos, porém, aventam a importânca da dose de reforço para que a criança desenvolva imunidade de longo prazo contra infecções por pneumococo e outras bactérias capsuladas. Um estudo desenvolvido pela dra. Petra Zimmermann,  do Department de Pediatria da Universidade de Melbourne investigou a resposta de produção de anticorpos após a imunização com 03 doses da vacina Pneumocócica 13V antes de 12 meses, em crianças até 13 meses de idade que não receberam a dose de reforço.

 

Essas crianças não obtiveram anticorpos suficientes para terem imunidade de longo prazo. Para que isso aconteça, uma dose de reforço após 12 meses (booster) pode ser necessária. Sem essa conduta, o índice de doença peneumocócica em menores de 05 anos de idade continuará aumentando em todo o mundo e no Brasil.

O sistema imunológico infantil se desenvolve gradativamente e até 18 a 24 meses de idade, ainda não tem a capacidade plena de imunidade de memória, ou seja,  não produzem anticorpos de memória suficientemente para obterem uma proteção de longo prazo, principalmente contra doenças por bactérias capsuladas, como o pneumococo, o meningococo e o Haemophilus b.
Quando são vacinados contra tais bactérias, as primeiras doses antes de 01 ano de idade podem não determinar proteção duradoura, e o que se tem observado na prática clínica pediátrica, é que muitas dessa crianças acabam desenvolvendo infecções severas e até morrem devido a essas infecções, por não produzirem anticorpos de memória suficientemente com apenas 03 doses da vacina.

O reforço após 01 ano de idade, portanto, torna-se fundamental, não somente para a vacina contra o pneumococo, mas também ncontra o meningococo e o Haemophilus influenzae b. Infelizmente, grande parte da população infantil brasileira não recebe essas doses de reforço, quando são imunizadas na rede pública, utilizando a vacina pneumoçocica 10V.

 

Infelizmente, ainda nos deparamos com um alto índice de otites, sinusites, pneumonias e meningites em crianças brasileiras abaixo de 05 anos de idade.

 

Pensemos: a dose de reforço, após 12 meses pode valer a pena.

 

Dra. Maria do Carmo Duarte Oliveira

Pediatra e Responsável Técnica

Clínica de Vacinas imunity®

 

 

Referência

 

 

1.Petra Zimmermann, Kirsten P Perrett, Guy Berbers, Nigel Curtis,

Persistence of pneumococcal antibodies after primary immunisation with a polysaccharide–protein conjugate vaccine
http://dx.doi.org/10.1136/archdischild-2018-316254

 

2.Chavez Amaro, Dunia; Casanova González, María; Toledo Romaní, María; Linares Pérez, Nivaldo; Toraño Peraza, Gilda; Montes de Oca Rivero, Martha.
Prevalencia de colonización nasofaríngea por neumococo en niños de 1 a 5 años de edad institucionalizados en Cienfuegos. 2014-2015 / Prevalence of naso-pharyngeal Pneumococcal colonization in children between 1 to 5 years old in pre-school educative centers. 2014-2015
Medisur ; 16(3): 410-416, may.-jun. 2018.

Clínica de Vacinas

Av. Onze de Agosto 1980 V. Nova Valinhos Valinhos São Paulo  CEP: 13271-210

55 19 3829-1702 / 3849-2930

Whatsapp: 19 981932785

 

Atendimentos
 

Segunda à Sexta: 9:00 - 18:00 h

Sábado: 8:00 - 12:00 h